09 junho 2014

E HAJA CORRUPÇÃO EM MACAU, EU SABIA QUE HUM DIA ABRIRIAM A CAIXA PRETA DO LIXO

Segunda-feira, 9 de junho de 2014

A UM CUSTO MENSAL DE MEIO MILHÃO DE REAIS, SERVIÇO DE LIMPEZA URBANA EM MACAU LEVANTA SUSPEITAS.

A TCL, empresa responsável pela limpeza pública de Macau, vem tendo tratamento vip por parte da Prefeitura do Município. Para constatar o tratamento diferenciado dispensado à TCL, basta atentar para os equipamentos públicos que a empresa usa no dia dia da nossa cidade, como por exemplo, o uso das máquinas pá carregadeiras, doadas pelo programa do Governo Federal-PAC.
No entanto, o que chama mais atenção na relação TCL/Prefeitura é o fato do Governo Kerginaldo Pinto pagar à empresa TCL, pelo serviço de limpeza urbana,  um valor mensal de mais de 340 mil reais e, ainda assim ter uma despesa na folha de pagamento com Garis no valor mensal que ultrapassar 160 mil reais, conforme apontam dados colhidos no Portal de Transparência. 
A indagação que o Blog faz é: Onde estariam esses Garis da Prefeitura? uma vez que o que observa na Cidade é que a limpeza  Urbana vem sendo feita por funcionários da TCL.Ou seria o inverso?os funcionários da Prefeitura (Garis) estariam prestando serviço à TCL? 



TCL recebe mais de 340 mil reais pela limpeza do município


Limpeza pública de Barreiras

Limpeza pública de Diogo Lopes

Fiscais de limpeza

Limpeza pública da Ilha de Santana
Limpeza pública da Cohab

Limpeza pública de Macau.

02 junho 2014

PARABÉNS PARA A JUSTIÇA DE MACAU QUE COMEÇA A SER FEITA - TEM MUITA SUJEIRA AINDA SENHORES PROMOTORES E JUIZES

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Justiça determina que Prefeitura de Macau/RN suspenda Festa das Flores, Festejos Juninos e a Festa do Sal.



O Juiz Klaus Cleber Morais de Mendonça, atuando na Vara Cível da Comarca de Macau/RN, determinou que a Prefeitura se abstenha de efetuar quaisquer despesas com tradicionais festejos do Município(Festas das Flores, para os Festejos Juninos e a Festa do Sal), por meio de dispensa de licitação. 

            A Decisão, proferida dia 30.05.2014, atende a Ação Civil Pública nº 0100754-06.2014.8.20.0105 movida pelo Ministério Público, através da 1ª Promotora de Justiça da Comarca de Macau, na qual é relata uma série de irregularidades anteriormente configuradas no Município nestes tipos de eventos.

            Segundo o representante do Ministério Público, as apurações feitas em inquéritos civis apontam que em anos anteriores (2011, 2012 e 2013) houve um provável esquema de superfaturamento na contratação de bandas, bem como nos serviços de estruturação de palco e aparelhagem de som e iluminação nos eventos promovidos pelo Município, em especial, a Festa do Sal de 2011; no carnaval de 2012 ; nas Festas de São João, São Pedro e do Sal de 2012; no Carnaval e no São João de 2013; no Carnaval deste ano.

            Na Decisão, o Magistrado destaca que as alegações do Ministério Público “ se fundam em uma prática que se mostra corriqueira nas gestões da cidade, onde se gasta milhões de reais com as realizações de eventos, já previstos no calendário anual do Município de Macau/RN, através de contratações por inexigibilidade de licitação irregulares, ou por meio de contratos celebrados diretamente, mas com bandas sem constituição jurídica regular, denotando-se ainda induvidosamente um superfaturamento dos valores pagos em tais contratos”.

            A liminar determinar ainda que todos os contratos de artistas e bandas, serviços de buffets, montagem de som e iluminação devem ser reincididos imediatamente, caso tenham sido celebrados sem observar o devido procedimento licitatório. O descumprimento das medidas estipuladas sujeita, pessoalmente, o prefeito municipal ao pagamento de multa no valor de 50.000,00 (cinqüenta mil) reais, por cada contrato irregularmente celebrado.

            A Ação Civil Pública expõe, mais uma vez, a prática tradicional de superfaturamento em festas e obras como marcas constantes das gestões do Ex-Prefeito Flávio Veras e na de seu sucessor e atual Prefeito, Kerginaldo Pinto.

            Por outro lado, traz a tona a problemática da morosidade do Ministério Público e Judiciário na conclusão de inquéritos e processos judiciais, mesmo diante sucessivos casos superfaturamento na Prefeitura de Macau/RN.

            Exemplo disso é a operação Máscara Negra, deflagrada em abril de 2013 e cujas investigações ainda não foram concluídas pelo Ministério Público.

22 maio 2014

NÃO A JOÃO MAIA - SIM A MACAU - LUTEMOS UNIDOS !!!

Transparência Macau

quinta-feira, 22 de maio de 2014

MACAU PODERÁ PERDER UM SONHO DE MAIS DE 50 ANOS.

Deputado João Maia tentam tirar Macau do mapa
O deputado João Maia em um gesto, da a demonstração de que o seu único interesse por Macau é apenas o voto, no dia 21 de abril deste ano, O deputado federal João Maia (PR) participou de uma audiência com o superintendente do DNIT/RN, engenheiro Walter Fernandes, o presidente da FEMURN, Benes Leocádio e o prefeito de Afonso Bezerra, Jackson Bezerra.
 
Na pauta, a implantação da BR-104, que se inicia na cidade de Macau, e termina em Maceió, no estado de Alagoas, e a reivindicação do prefeito Jackson, de mudança no traçado para que a BR beneficie o município de Afonso Bezerra. A audiência no DNIT foi solicitada por João Maia, depois que os prefeitos Jackson e Benes pediram seu apoio para a luta.
 
A antiga BR-104 é um sonho do ex governador e macauense de coração, José Varela e hoje estamos vendo esse sonho ser interrompido. Se a estrada continuar no mesmo projeto, as cidades de Pedro Avelino,Afonso Bezerra,Guamaré e Macau serão coletivamente beneficiado, sem falar na refinaria Clara Camarão quer é também diretamente beneficiada.
 
O Deputado Federal Fábio Faria que é o autor da emenda que libera R$ 40 milhões de reais para o início dessa grande obra que pode está avaliada em mais de R$ 400 milhões, falou que estava de dentro desse projeto, e que iria lutar para conseguir o recurso necessário para a realização dessa obra, ainda falou que dos R$ 40 milhões de sua emenda mais de R$ 2 milhões já foram aprovados para a construção do projeto da BR 104, e o Superintendente do DNIT/RN o Dr. Wlater Fernandes afirmou que aparti do dia 10 de janeiro de 2014, uma equipe do DNIT começará a fazer o projeto de viabialização da BR 104. Macau precisa se unir independentemente de bandeiras partidárias, já pecamos muitos nesses sentidos e por isso Macau já é conhecida afora por
 
"A CIDADE QUE JÁ TEVE"  .

19 maio 2014

E HAJA PROCESSO !!!

19/mai/2014 ás 16:35
Publicado por Robson Pires

MP instaura mais três inquéritos contra o ex-prefeito Flávio Veras
 
Condenado a prisão por compra de votos em processo já transitado em julgado o ex-prefeito de Macau, Flávio Veras (PMDB), está sendo investigado pelo Ministério Público do RN por suposto ato de improbidade administrativa constatado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).
 
Os inquéritos civis públicos foram instaurados pela promotora de Justiça Isabel de Siqueira Menezes e dizem respeito aos exercícios financeiros de 2010, 2007 e 2005, quando Flávio era chefe do Executivo municipal.

24 abril 2014

ISSO É MUITO SÉRIO, PELO AMOR DE DEUS AUTORIDADES - ATENÇÃO VICE-PREFEITO VOCÊ SABE O CAMINHO

 
quarta-feira, 23 de abril de 2014

PREFEITURA DE MACAU USA TEATRO HIANTO DE ALMEIDA PRA JUSTIFICAR DESPESA DA FUNDAÇÃO DE CULTURA

Há mais de dez anos que o Teatro Hianto de Almeida padece em meio as ruínas e ao descaso  dos gestores municipais que fazem vistas grossas às inúmeras denúncias, apelos e manifestações da população que clamam pelo restabelecimento daquele espaço cultural.

   Porém, em meio a todo abandono e esquecimento do referido teatro por parte do município,  podemos observar,  conforme este documento em caixa, que os repasses e convênios por parte do município à fundação de cultura nunca deixaram de existir.

  O mais esquisito e que nos chamou a atenção foi que somente em UM MÊS,  o repasse  do município àquela  fundação  com destinação à “RECONSTRUÇÃO DO TEATRO HIANTO DE ALMEIDA”  foi de R$ 50.000,00 (CINQUENTA MIL REAIS). Totalizando mais de 100 mil reais somente em 2014.

   Em se tratando de Macau, de arte,  de teatro e de  dinheiro público, será o repasse uma obra de ficção, realidade ou mera coincidência?

 Com a palavra os seus atuais gestores e responsáveis por mais um capítulo de imoralidade.
Repasse da prefeitura para fundação de cultura

22 abril 2014

MUITO BOA MESMO...PARABÉNS!!!

 
21 de abril de 2014 18:17
Carta ao Galado

Macau, pelos 21 dias de abril de 2014, época em que nossa cidade comemora também, doravante, uma nova cara na nossa cidade...


Benito, não creio que esconderias o riso, e chorarias um choro quase sem lágrimas ao saber que tua amada está aos trapos, uma esmoler, embora maquiada com cal virgem feito casa de taipa...

Sim, somos covardes! Omissos! Fracos! Tens razão: merecemos o carão, o batido. Covardes, omissos e fracos. Não vemos um grito de revolta face ao abandono que se cria nos palácios e se entranha na consciência ora venal, ora covarde de muitos homens e mulheres, habitantes que aqui ficaram neste porto...

Sem aquele riso que incomodava aos mentirosos, que enchia o ar com o teu cheiro esfumaçado do cigarro mais barato e da cerveja quente, sem a certeza de que não o teríamos, não valeria a pena contar as novidades que temos por estas bandas...Mesmo que o batido nos deixe com o rabo entre as pernas...


Sabe a filarmônica que tanto amavas, e que, como dizia nosso irascível Castro, também te amava? Ela está aqui, no momento em traço estas linhas. Pois os gênios, meninos e meninas que a compõe, artistas que são, continuam tendo como recompensa pela sua arte um salário de miséria...


E os nossos artistas? Calam diante da falta de perspectiva, ou na esperança de uma ajudinha nas quatro festas do ano; quem deveria ser o farol, é a vergonha...
 

Sabe o vereador da peroba? Pois se prepare para cair de rir da cadeira. O nobre edil disse que a cadeira de prefeito da nossa cidade não cabe duas bundas...Não me pergunte por que agora...Noutra ocasião te escrevo...
 

Penúria...Num tema tão caro a todos nós, para alguns, a moda agora é o bebê nascer na capital do estado; é mais chic; o padre vai benzer o rebento in loco; e os blogs da cidade sentem ciúmes por não poder fazer a fotografia exclusiva...enquanto isso nossas futuras gerações de legítimos macauenses correm o tenebroso risco de faltar o serviço básico na nossa abandonada Maternidade José Varela!
 

E as tuas professoras, Galado? Pois fique sabendo que o alcaide mandou aprovar um edito, obrigando os edis a votarem sem ler, dizendo doravante haverá o controle de natalidade no seio do magistério da rede pública do município de Macau: se engravidarem, e depois do parto, quiserem, como manda a lei, gozar a licença maternidade, perderão quase metade do vencimento.

Este é um só um pedaço do compromisso com o futuro da tua terra; professoras cheias de sonhos e de vida, sendo controladas e desvalorizadas por um sujeito aqui tão bem acolhido... Em tempo: as três mulheres-vereadoras não disseram um pio em favor das mulheres-professoras...

 Doravante, neste mesmo mês de abril em que nascestes, temos mais um motivo a lhe causar vergonha e revolta: uma Máscara Negra se abateu sobre nós, rapinando palco, luz, som e as vozes das nossas festas (você sabia, Galado, que até aquela festa que você vez ou outra ia, quando na ocasião rememorava os seus tempos de menino, a mais católica das nossas festas, começa a pairar os tentáculos da Máscara Negra?)...


 Não é triste, Imperador? Os teus antigos e leais súditos já não mais te devem lealdade, é verdade, mas hoje, certamente, seriam levados todos ao calabouço. Fingem não mais saber da existência da ilha; e somente se lembram, saudosos, dos velhos carnavais... 


 E como hoje as lágrimas são mais e mais salgadas por causa da tua ausência, esforçamo-nos para não deixar tua memória se esvair como se esvai na quarta-feira de cinzas as nossas ilusões neste barco desgovernado...


Receba um abraço dos que aqui estão e que te guardam como amuleto, na memória.

18 abril 2014

O QUE É ISSO MACAUENSES!!!

Transparência Macau
 
quinta-feira, 17 de abril de 2014

PREFEITURA DE MACAU MUDA NOME DE BANDA PRA TIRAR FOCO DO SUPERFATURAMENTO

Berg & Santos e banda, a mesma Panka de Bakana
O comércio de contratações de bandas e shows durante os últimos carnavais de Macau vem se tornando um labirinto pra os organizadores e empresários de bandas, na verdade o que se tem visto nos últimos tempos em Macau principalmente, é uma maneira de escoarem o dinheiro publico. O que já se tem de denuncias de superfaturamentos é de perder as contas, mas esse "mágico que realizam o carnaval de Macau" encontraram uma maneira que o MP precisa saber, até porque perderam a vergonha de levarem vantagem com o dinheiro publico. O carnaval de 2014 aqui em Macau, a prefeitura através da secretaria de turismo contratou um show por nome de Berg Santos e Banda por 15 mil reais, até ai tudo bem, só que descobrimos que essa banda nunca tocou com esse nome, e sim por "PANKA DE BAKANA", isso pra desviar o foco de mais um superfaturamento, pra mais uma surpresa, a banda Panka de Bakana tocou o mesmo carnaval de 2014 em Rio do Fogo por pouco mais de 3 mil reais. E agora? quem responderá por essa disparidade de valores e?, e gostaríamos de saber também, quem teve essa brilhante ideia de mudar o nome da banda pra desviar o foco de mais um indicio de superfaturamento.

Berg & Santos em Macau por 15 mil reais.

Panka de Bakana em Rio do Fogo por R$:3.500,00